Home   |    Mapa do site
Logomarca MeiaPonte.Org
Parceiros



TAGS

 

Notícias
Home > Notícias > Leitura de Notícia
Tamanho do texto: A- A+

04/07/18 - Assinada autorização para início das obras de tratamento secundário da ETE Goiânia

A Saneago, o Governo de Goiás e o Ministério das Cidades assinaram nesta quarta-feira, dia 04 , autorização para início das obras de implantação do tratamento secundário de esgoto da ETE Goiânia

Fonte: Portal Goiás

A Saneago, o Governo de Goiás e o Ministério das Cidades assinaram nesta quarta-feira, dia 04 , autorização para início das obras de implantação do tratamento secundário de esgoto da ETE Hélio Seixo de Britto em Goiânia. O evento contou com a participação da diretoria da Saneago; do governador, José Eliton; e do Ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

Com valor de cerca de R$ 98 milhões, provenientes do Orçamento Geral da União (OGU), o investimento objetiva a ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Goiânia, incluindo a construção de seis tanques de aeração, quatro decantadores secundários, duas elevatórias de recirculação e duas centrífugas de adensamento de lodo, além de redes e ligações no Jardim Petrópolis.

Atualmente, a ETE Hélio Seixo de Britto realiza o tratamento primário quimicamente assistido, que atinge até 58% de remoção de carga orgânica. Com a obra de implantação do tratamento secundário, a remoção poderá alcançar índice de até 90%, aprimorando ainda mais a eficiência do tratamento do esgoto coletado.

O sistema, amplamente utilizado no mundo em termos de tratamento de efluentes domésticos, é chamado de “tratamento por lodos ativados”. Trata-se de um processo biológico, que utiliza tanques com aeração artificial e decantadores secundários, bem como recirculação do lodo. Tudo para criar um ambiente perfeito para que os flocos de bactérias benéficas – naturalmente formadas no esgoto bruto e responsáveis por degradar a matéria orgânica solúvel (lodo ativado) – possam trabalhar a nosso favor, proporcionando uma alta qualidade do efluente final.

Fotos :



Comentários



Mais notícias

 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.

Produzido por


* Todos os campos,com exceção da mensagem,são obrigatórios

Assinada autorização para início das obras de tratamento secundário da ETE Goiânia

A Saneago, o Governo de Goiás e o Ministério das Cidades assinaram nesta quarta-feira, dia 04 , autorização para início das obras de implantação do tratamento secundário de esgoto da ETE Goiânia

Por Portal Goiás

A Saneago, o Governo de Goiás e o Ministério das Cidades assinaram nesta quarta-feira, dia 04 , autorização para início das obras de implantação do tratamento secundário de esgoto da ETE Hélio Seixo de Britto em Goiânia. O evento contou com a participação da diretoria da Saneago; do governador, José Eliton; e do Ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

Com valor de cerca de R$ 98 milhões, provenientes do Orçamento Geral da União (OGU), o investimento objetiva a ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Goiânia, incluindo a construção de seis tanques de aeração, quatro decantadores secundários, duas elevatórias de recirculação e duas centrífugas de adensamento de lodo, além de redes e ligações no Jardim Petrópolis.

Atualmente, a ETE Hélio Seixo de Britto realiza o tratamento primário quimicamente assistido, que atinge até 58% de remoção de carga orgânica. Com a obra de implantação do tratamento secundário, a remoção poderá alcançar índice de até 90%, aprimorando ainda mais a eficiência do tratamento do esgoto coletado.

O sistema, amplamente utilizado no mundo em termos de tratamento de efluentes domésticos, é chamado de “tratamento por lodos ativados”. Trata-se de um processo biológico, que utiliza tanques com aeração artificial e decantadores secundários, bem como recirculação do lodo. Tudo para criar um ambiente perfeito para que os flocos de bactérias benéficas – naturalmente formadas no esgoto bruto e responsáveis por degradar a matéria orgânica solúvel (lodo ativado) – possam trabalhar a nosso favor, proporcionando uma alta qualidade do efluente final.

* Todos os campos são obrigatórios