Home   |    Mapa do site
Logomarca MeiaPonte.Org
Parceiros



TAGS
Notícias
Home > Notícias > Leitura de Notícia
Tamanho do texto: A- A+

20/05/11 - MP articula tombamento da primeira usina hidrelétrica de Goiânia

Fonte: Ministério Público do Estado de Goiás

O coordenador do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente e Patrimônio Histórico, Jales Guedes Coelho Mendonça, visitou hoje pela manhã (19/5), em companhia do presidente da Celg, José Eliton, o local das instalações da antiga usina hidrelétrica do Setor Jaó. O objetivo foi conhecer o estado de conservação do local, visando pleitear o tombamento da usina como patrimônio histórico do Estado.

Segundo ressalta o promotor, a usina foi a primeira a ser instalada na região e teve papel decisivo para a construção de Goiânia. O Ministério Público, com o apoio da Celg, irá elaborar um documento solicitando à Agência Goiana de Cultura Pedro Ludovico Teixeira (Agepel) o tombamento da usina. Também será sugerida a destinação do local para a criação do Museu da Energia de Goiás, onde seja possível abrigar os elementos históricos dos empreendimentos que levaram energia para o Estado.

Além do presidente da empresa elétrica, estiveram presentes na visita integrantes da equipe técnica da Celg, como o diretor de Engenharia, Humberto Eustáquio Tavares Correa. (Texto: Cristina Rosa - fotos: João Sérgio / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO )

Fotos :



Comentários



Mais notícias

 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.

Produzido por www.alicom.com.br

* Todos os campos,com exceção da mensagem,são obrigatórios

MP articula tombamento da primeira usina hidrelétrica de Goiânia



Por Ministério Público do Estado de Goiás

O coordenador do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente e Patrimônio Histórico, Jales Guedes Coelho Mendonça, visitou hoje pela manhã (19/5), em companhia do presidente da Celg, José Eliton, o local das instalações da antiga usina hidrelétrica do Setor Jaó. O objetivo foi conhecer o estado de conservação do local, visando pleitear o tombamento da usina como patrimônio histórico do Estado.

Segundo ressalta o promotor, a usina foi a primeira a ser instalada na região e teve papel decisivo para a construção de Goiânia. O Ministério Público, com o apoio da Celg, irá elaborar um documento solicitando à Agência Goiana de Cultura Pedro Ludovico Teixeira (Agepel) o tombamento da usina. Também será sugerida a destinação do local para a criação do Museu da Energia de Goiás, onde seja possível abrigar os elementos históricos dos empreendimentos que levaram energia para o Estado.

Além do presidente da empresa elétrica, estiveram presentes na visita integrantes da equipe técnica da Celg, como o diretor de Engenharia, Humberto Eustáquio Tavares Correa. (Texto: Cristina Rosa - fotos: João Sérgio / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO )

* Todos os campos são obrigatórios