Home   |    Mapa do site
Logomarca MeiaPonte.Org
Parceiros



TAGS
Notícias
Home > Notícias > Leitura de Notícia
Tamanho do texto: A- A+

17/08/10 - Tempo seco faz cair nível na captação

O tempo seco está fazendo o nível do Rio Meia Ponte baixar sensivelmente, embora ainda não represente risco ao abastecimento público

Fonte: O Popular

Marília Assunção

O tempo seco está fazendo o nível do Rio Meia Ponte baixar sensivelmente, embora ainda não represente risco ao abastecimento público. A Saneamento de Goiás (Saneago) vai fazer o desassoreamento do leio do Meia Ponte, especialmente se não chover antes do final de outubro.

A desobstrução visa permitir que a água corra melhor pelo leito e que a captação não seja afetada. Ontem, no Sistema de Captação da Saneago no Rio Meia Ponte, a reportagem do POPULAR verificou que, da cota normal - de 707 metros em relação ao nível do mar, o leito do rio já caiu para 706. "Ainda não há risco de comprometer o abastecimento de água da capital, mas se ficar neste ritmo até o fim de outubro o risco existe", observa o engenheiro Emilson Ponciano Tresvenzol, superintendente do Sistema Meia Ponte da Saneago.

Segundo ele, além da seca agravar, há o risco de um consumo maior por parte de produtores rurais que utilizam a água do Meia Ponte para irrigação. Com a baixa de água de outras fontes, eles tendem a depender de maior volume do rio, mas Emilson afirmou que a empresa estará atenta se houver baixa acentuadamente rápida no nível do rio.

Fotos :



Comentários



Mais notícias

 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.

Produzido por www.alicom.com.br

* Todos os campos,com exceção da mensagem,são obrigatórios

Tempo seco faz cair nível na captação

O tempo seco está fazendo o nível do Rio Meia Ponte baixar sensivelmente, embora ainda não represente risco ao abastecimento público

Por O Popular

Marília Assunção

O tempo seco está fazendo o nível do Rio Meia Ponte baixar sensivelmente, embora ainda não represente risco ao abastecimento público. A Saneamento de Goiás (Saneago) vai fazer o desassoreamento do leio do Meia Ponte, especialmente se não chover antes do final de outubro.

A desobstrução visa permitir que a água corra melhor pelo leito e que a captação não seja afetada. Ontem, no Sistema de Captação da Saneago no Rio Meia Ponte, a reportagem do POPULAR verificou que, da cota normal - de 707 metros em relação ao nível do mar, o leito do rio já caiu para 706. "Ainda não há risco de comprometer o abastecimento de água da capital, mas se ficar neste ritmo até o fim de outubro o risco existe", observa o engenheiro Emilson Ponciano Tresvenzol, superintendente do Sistema Meia Ponte da Saneago.

Segundo ele, além da seca agravar, há o risco de um consumo maior por parte de produtores rurais que utilizam a água do Meia Ponte para irrigação. Com a baixa de água de outras fontes, eles tendem a depender de maior volume do rio, mas Emilson afirmou que a empresa estará atenta se houver baixa acentuadamente rápida no nível do rio.

* Todos os campos são obrigatórios