Home   |    Mapa do site
Logomarca MeiaPonte.Org
Parceiros



TAGS
Notícias
Home > Notícias > Leitura de Notícia
Tamanho do texto: A- A+

14/04/10 - Consórcio vai gerir a produção de água do João Leite

Fonte: AGECOM - Agência Goiana de Comunicação (GDI)

A minuta da criação de um consórcio público coordenado pelo Governo do Estado, envolvendo os municípios da bacia Hidrográfica do Ribeirão João Leite através de um programa orientado pela Agência Nacional de Águas, foi apresentado hoje às autoridades ligadas à área, na Secretaria da Indústria e Comércio. O consórcio deve ser consolidado no decorrer deste ano. Diante disso, proprietários rurais de 11 municípios da área de abrangência pela Bacia, que receberá impactos da barragem da Saneago, poderão melhorar suas rendas.

Os proprietários rurais dos municípios envolvidos poderão reformular as suas atividades produtivas, direcionando as mesmas para medidas que protejam o reservatório e impliquem na geração de mais água, como o reflorestamento, só que, recebendo remuneração para isto, nos moldes do que já ocorre em alguns estados como Minas Gerais.

O Programa Produtor de Águas da ANA embasou a elaboração da minuta do consórcio que envolverá, no mínimo, os municípios de Goiânia (sede), Terezópolis de Goiás, Goianápolis, Anápolis, Nerópolis, Campo Limpo de Goiás, Ouro Verde de Goiás, Senador Canedo, Trindade e Aparecida de Goiânia.

O presidente da AGR, José de Paula Moraes Filho, irá compor a câmara técnica permanente do Consórcio na qualidade de controladora de alguns processos e dos compromissos firmados por participantes, como a Saneago – fiscalizada pela AGR. Ele lembrou que o consórcio, além de ajudar a preservar a bacia, poderá auxiliar produtores e municípios onde haja disputa de água, como já foi frequente na região de Anápolis.
Mais informações: (62) 3226-6418



Comentários



Mais notícias

 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.

Produzido por www.alicom.com.br

* Todos os campos,com exceção da mensagem,são obrigatórios

Consórcio vai gerir a produção de água do João Leite



Por AGECOM - Agência Goiana de Comunicação (GDI)

A minuta da criação de um consórcio público coordenado pelo Governo do Estado, envolvendo os municípios da bacia Hidrográfica do Ribeirão João Leite através de um programa orientado pela Agência Nacional de Águas, foi apresentado hoje às autoridades ligadas à área, na Secretaria da Indústria e Comércio. O consórcio deve ser consolidado no decorrer deste ano. Diante disso, proprietários rurais de 11 municípios da área de abrangência pela Bacia, que receberá impactos da barragem da Saneago, poderão melhorar suas rendas.

Os proprietários rurais dos municípios envolvidos poderão reformular as suas atividades produtivas, direcionando as mesmas para medidas que protejam o reservatório e impliquem na geração de mais água, como o reflorestamento, só que, recebendo remuneração para isto, nos moldes do que já ocorre em alguns estados como Minas Gerais.

O Programa Produtor de Águas da ANA embasou a elaboração da minuta do consórcio que envolverá, no mínimo, os municípios de Goiânia (sede), Terezópolis de Goiás, Goianápolis, Anápolis, Nerópolis, Campo Limpo de Goiás, Ouro Verde de Goiás, Senador Canedo, Trindade e Aparecida de Goiânia.

O presidente da AGR, José de Paula Moraes Filho, irá compor a câmara técnica permanente do Consórcio na qualidade de controladora de alguns processos e dos compromissos firmados por participantes, como a Saneago – fiscalizada pela AGR. Ele lembrou que o consórcio, além de ajudar a preservar a bacia, poderá auxiliar produtores e municípios onde haja disputa de água, como já foi frequente na região de Anápolis.
Mais informações: (62) 3226-6418

* Todos os campos são obrigatórios