Home   |    Mapa do site
Parceiros



TAGS
Notícias
Home > Notícias > Leitura de Notícia
Tamanho do texto: A- A+

19/03/10 - Comemoração do Dia Mundial da Água as margens do rio Meia Ponte

Venha Participar da comemoração do Dia Mundial da Água e do Ato Pela Criação do Centro de Visitação e Museu do Rio Meia Ponte.

Fonte: www.fabiotokarski.com.br

Data: 22 de março, segunda-feira, a partir das 10h.
Local: Rua Laurício Pedro Rasmussen nº. 2535 - Vila Yate - Goiânia
(Antiga Usina Jaó – sede da Superintendência de Geologia e Mineração)
Confirmações e informações
3524.4311 ou no site www.fabiotokarski.com.br
 
 
Ver, conhecer e defender

O Centro de Visitação e Museu do Rio Meia Ponte será instalado na área onde se encontra a Usina do Jaó, a primeira a fornecer enérgia elétrica, localizada na região leste de Goiânia, e desativada desde a década de 1970 do século XX. A construção desde Centro de Visitação e Museu se justifica pela importância histórica, cultural e natural do Rio Meia Ponte para os goianos, em particular para os que moram na capital.

O Rio Meia Ponte foi no passado uma referência para os colonizadores do centro oeste brasileiro. Atualmente contribui para o abastecimento de água, não só para Goiânia, mas também para o conjunto de cidades que estão nas suas margens. O rio hoje, segundo a Agência Nacional de Águas – ANA, figura como o 7º mais poluído do país. Devido ao seu traçado, e o tipo de ocupação em suas margens, o rio não se encontra a vista de todos os goianienses. Ou seja, é um “rio escondido”, fora do alcance dos olhares cotidianos da população que fica impedida de dimensionar com exatidão a poluição que ocorre no mesmo, limitando a mobilização necessária para preservá-lo dos ataques que vem sofrendo e que pode transformá-lo num rio “morto”, como já ocorreu em outras cidades, não só no Brasil como em outras partes do mundo. Portanto, a criação do Centro de Visitação e Museu do Rio Meia Ponte é necessária, e possibilitará a todos os goianos e brasileiros em geral, conhecer bem de perto o rio, ao tempo em que o museu que lá será instalado, resgatará para as atuais e as futuras gerações, a história desde importante rio de Goiás e do Brasil.
 
 
DIA MUNDIAL DA ÁGUA
 
A Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) criou em 1992 o Dia Mundial da Água que é celebrado desde 1993. No Brasil, a adesão partiu do Congresso Nacional com a Lei nº 10.670, de 14 de maio de 2003, que instituiu o Dia Nacional da Água, também comemorado no dia 22 de março de cada ano. A definição da ONU ressalta a importância da água para a vida e também a responsabilidade dos países membros que, desde sempre, possuem grandes porções de água doce, tanto subterrânea quanto superficial. O documento também destaca a obrigação dos Estados em promover e propor políticas sustentáveis que garantam um dos princípios fundamentais dos Direitos Humanos, que é o acesso à água por parte de todas as populações.
 
Realização:

Fórum Em Defesa do Rio Meia Ponte
 
Promoção:


Professor Fábio Tokarski. Coordenador do Fórum em Defesa do Rio Meia
Ponte, Presidente da Comissão Pró Desenvolvimento da Região
Metropolitana de Goiânia e Vereador (PCdoB)

Agenor Mariano (PMDB) – Vereador e Presidente da Comissão de Meio
Ambiente da Câmara Municipal de Goiânia

Tiãozinho do Cais (PR) - Vereador e Presidente da Comissão de Saúde e
Assistência Social da Câmara Municipal de Goiânia

Paulinho Graus (PDT) - Vereador

Fábio Caixeta (PMN) - Vereador

Apoio:

Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA)

Associação Atlética Banco do Brasil (AABB/GO)

Associação Brasil Central (ABC)

Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES)

Associação de Moradores do Conjunto Caiçara (AMCC)

Associação dos Moradores do Goiânia II (AMGII)

Associação dos Moradores do Residencial vale do Araguaia (AMRVA)

Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB)

Centro Popular da Mulher (CPM)

Clube de Engenharia do Estado de Goiás (SENG)

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Meia Ponte (CBHRMP)

Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREAGO)

Instituto Ana Carol (IAC)

Instituto de Estudos Sócio-Ambientais (IESA)

Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG)

Nova Central Sindical de Trabalhadores de Goiás (NCST/GO)

Pontão de Cultura República do Cerrado

Projeto MeiaPonte.org

Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás / (SINDUSCON)

Sindicato dos Engenheiros no Estado de Goiás (SENGE-GO)

Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Goiás (Sint-UFG)

Superintendência de Geologia e Mineração da Secretaria da Indústria e
Comércio do Estado de Goiás

União da Juventude Socialista (UJS)
 

Fotos :



Comentários



Mais notícias

 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.

Produzido por www.alicom.com.br

* Todos os campos,com exceção da mensagem,são obrigatórios

Comemoração do Dia Mundial da Água as margens do rio Meia Ponte

Venha Participar da comemoração do Dia Mundial da Água e do Ato Pela Criação do Centro de Visitação e Museu do Rio Meia Ponte.

Por www.fabiotokarski.com.br

Data: 22 de março, segunda-feira, a partir das 10h.
Local: Rua Laurício Pedro Rasmussen nº. 2535 - Vila Yate - Goiânia
(Antiga Usina Jaó – sede da Superintendência de Geologia e Mineração)
Confirmações e informações
3524.4311 ou no site www.fabiotokarski.com.br
 
 
Ver, conhecer e defender

O Centro de Visitação e Museu do Rio Meia Ponte será instalado na área onde se encontra a Usina do Jaó, a primeira a fornecer enérgia elétrica, localizada na região leste de Goiânia, e desativada desde a década de 1970 do século XX. A construção desde Centro de Visitação e Museu se justifica pela importância histórica, cultural e natural do Rio Meia Ponte para os goianos, em particular para os que moram na capital.

O Rio Meia Ponte foi no passado uma referência para os colonizadores do centro oeste brasileiro. Atualmente contribui para o abastecimento de água, não só para Goiânia, mas também para o conjunto de cidades que estão nas suas margens. O rio hoje, segundo a Agência Nacional de Águas – ANA, figura como o 7º mais poluído do país. Devido ao seu traçado, e o tipo de ocupação em suas margens, o rio não se encontra a vista de todos os goianienses. Ou seja, é um “rio escondido”, fora do alcance dos olhares cotidianos da população que fica impedida de dimensionar com exatidão a poluição que ocorre no mesmo, limitando a mobilização necessária para preservá-lo dos ataques que vem sofrendo e que pode transformá-lo num rio “morto”, como já ocorreu em outras cidades, não só no Brasil como em outras partes do mundo. Portanto, a criação do Centro de Visitação e Museu do Rio Meia Ponte é necessária, e possibilitará a todos os goianos e brasileiros em geral, conhecer bem de perto o rio, ao tempo em que o museu que lá será instalado, resgatará para as atuais e as futuras gerações, a história desde importante rio de Goiás e do Brasil.
 
 
DIA MUNDIAL DA ÁGUA
 
A Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) criou em 1992 o Dia Mundial da Água que é celebrado desde 1993. No Brasil, a adesão partiu do Congresso Nacional com a Lei nº 10.670, de 14 de maio de 2003, que instituiu o Dia Nacional da Água, também comemorado no dia 22 de março de cada ano. A definição da ONU ressalta a importância da água para a vida e também a responsabilidade dos países membros que, desde sempre, possuem grandes porções de água doce, tanto subterrânea quanto superficial. O documento também destaca a obrigação dos Estados em promover e propor políticas sustentáveis que garantam um dos princípios fundamentais dos Direitos Humanos, que é o acesso à água por parte de todas as populações.
 
Realização:

Fórum Em Defesa do Rio Meia Ponte
 
Promoção:


Professor Fábio Tokarski. Coordenador do Fórum em Defesa do Rio Meia
Ponte, Presidente da Comissão Pró Desenvolvimento da Região
Metropolitana de Goiânia e Vereador (PCdoB)

Agenor Mariano (PMDB) – Vereador e Presidente da Comissão de Meio
Ambiente da Câmara Municipal de Goiânia

Tiãozinho do Cais (PR) - Vereador e Presidente da Comissão de Saúde e
Assistência Social da Câmara Municipal de Goiânia

Paulinho Graus (PDT) - Vereador

Fábio Caixeta (PMN) - Vereador

Apoio:

Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA)

Associação Atlética Banco do Brasil (AABB/GO)

Associação Brasil Central (ABC)

Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES)

Associação de Moradores do Conjunto Caiçara (AMCC)

Associação dos Moradores do Goiânia II (AMGII)

Associação dos Moradores do Residencial vale do Araguaia (AMRVA)

Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB)

Centro Popular da Mulher (CPM)

Clube de Engenharia do Estado de Goiás (SENG)

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Meia Ponte (CBHRMP)

Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREAGO)

Instituto Ana Carol (IAC)

Instituto de Estudos Sócio-Ambientais (IESA)

Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG)

Nova Central Sindical de Trabalhadores de Goiás (NCST/GO)

Pontão de Cultura República do Cerrado

Projeto MeiaPonte.org

Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás / (SINDUSCON)

Sindicato dos Engenheiros no Estado de Goiás (SENGE-GO)

Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Goiás (Sint-UFG)

Superintendência de Geologia e Mineração da Secretaria da Indústria e
Comércio do Estado de Goiás

União da Juventude Socialista (UJS)
 

* Todos os campos são obrigatórios