Home   |    Mapa do site
Parceiros



TAGS
Notícias
Home > Notícias > Leitura de Notícia
Tamanho do texto: A- A+

17/02/10 - As obras da barragem do Rio João Leite já receberam R$ 137 milhões em infraestrutura

As obras da barragem do Rio João Leite já receberam R$ 137 milhões em infraestrutura. Além desse valor foram investidos mais R$ 37 milhões em programas socioambientais e na indenização dos proprietários das terras que foram inundadas com a formação do lag

Fonte: AGECOM - Agência Goiana de Comunicação

A barragem do Rio João Leite, uma das maiores obras de saneamento no Brasil, vai assegurar o abastecimento de água tratada para Goiânia e seu entorno até o ano de 2040. A barragem está concluída e suas comportas foram fechadas para o enchimento do reservatório em dezembro do ano passado.

Hoje as águas do João Leite estão atingindo aproximadamente 22 metro de altura (cota 731), sendo que sua capacidade máxima será de 40 metros de altura (cota 749).

A obra já recebeu R$ 137 milhões em investimentos do Governo Federal, BNDES, BID e Governo de Goiás. Além desse valor foram investidos R$ 17 milhões em programas socioambientais e outros R$ 20 milhões na indenização dos proprietários das terras que foram inundadas com a formação do lago.

Ao todo foram 34 projetos socioambientais, sendo que 25 já estão implementados, seis em andamento e outros três ainda em fase de contratação. Também existem cinco programas sociais, sendo um já executado e quatro em andamento, colocados em prática pela equipe do Programa de Comunicação Social da Saneago.

O programa é dividido em quatro eixos de trabalho, que consistem na organização e mobilização comunitária; educação para a cidadania; educação ambiental e geração de trabalho e renda.

Na área onde está sendo construída a barragem foram cadastradas 108 famílias e 31 propriedades. Oito delas foram beneficiadas com a relocação para imóveis rurais, cada um com aproximadamente quatro hectares, com toda infraestrutura. Cada família recebeu uma casa, com 52 m² de área construída, em Goialândia, Distrito de Anápolis.

A Saneago firmou parcerias com a prefeitura de Anápolis, Nerópolis, Secretaria da Agricultura e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - Senar para que as famílias relocadas para Goialândia e as que vão continuar morando na envoltória da barragem, 19 propriedades no total, readequassem as técnicas de plantio, priorizando a agricultura orgânica.

A Secretaria da Agricultura, parceira do programa, levou às famílias a experiência do Programa Lavoura Comunitária.

Fotos :



Comentários



Mais notícias

 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.

Produzido por www.alicom.com.br

* Todos os campos,com exceção da mensagem,são obrigatórios

As obras da barragem do Rio João Leite já receberam R$ 137 milhões em infraestrutura

As obras da barragem do Rio João Leite já receberam R$ 137 milhões em infraestrutura. Além desse valor foram investidos mais R$ 37 milhões em programas socioambientais e na indenização dos proprietários das terras que foram inundadas com a formação do lag

Por AGECOM - Agência Goiana de Comunicação

A barragem do Rio João Leite, uma das maiores obras de saneamento no Brasil, vai assegurar o abastecimento de água tratada para Goiânia e seu entorno até o ano de 2040. A barragem está concluída e suas comportas foram fechadas para o enchimento do reservatório em dezembro do ano passado.

Hoje as águas do João Leite estão atingindo aproximadamente 22 metro de altura (cota 731), sendo que sua capacidade máxima será de 40 metros de altura (cota 749).

A obra já recebeu R$ 137 milhões em investimentos do Governo Federal, BNDES, BID e Governo de Goiás. Além desse valor foram investidos R$ 17 milhões em programas socioambientais e outros R$ 20 milhões na indenização dos proprietários das terras que foram inundadas com a formação do lago.

Ao todo foram 34 projetos socioambientais, sendo que 25 já estão implementados, seis em andamento e outros três ainda em fase de contratação. Também existem cinco programas sociais, sendo um já executado e quatro em andamento, colocados em prática pela equipe do Programa de Comunicação Social da Saneago.

O programa é dividido em quatro eixos de trabalho, que consistem na organização e mobilização comunitária; educação para a cidadania; educação ambiental e geração de trabalho e renda.

Na área onde está sendo construída a barragem foram cadastradas 108 famílias e 31 propriedades. Oito delas foram beneficiadas com a relocação para imóveis rurais, cada um com aproximadamente quatro hectares, com toda infraestrutura. Cada família recebeu uma casa, com 52 m² de área construída, em Goialândia, Distrito de Anápolis.

A Saneago firmou parcerias com a prefeitura de Anápolis, Nerópolis, Secretaria da Agricultura e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - Senar para que as famílias relocadas para Goialândia e as que vão continuar morando na envoltória da barragem, 19 propriedades no total, readequassem as técnicas de plantio, priorizando a agricultura orgânica.

A Secretaria da Agricultura, parceira do programa, levou às famílias a experiência do Programa Lavoura Comunitária.

* Todos os campos são obrigatórios