Home   |    Mapa do site
Parceiros
TAGS
Notícias
Home > Notícias > Leitura de Notícia
Tamanho do texto: A- A+

03/02/10 - Promotora recomenda interditar construção de aterro sanitário em Bonfinópolis

Fonte: Ministério Público Estadual de Goiás

A promotora de Justiça Marta Moriya Loyola, da 2ª Promotoria de Senador Canedo, expediu recomendação à Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) para autuar e interditar a instalação e construção do aterro sanitário do município de Bonfinópolis.
Vistoria realizada no local constatou que a área, já em fase de instalação do aterro, fica próxima a algumas nascentes da bacia hidrográfica do Ribeirão Sozinha, futura captação de abastecimento de água do município de Senador Canedo. De acordo com o relatório de vistoria, o local onde estão sendo feitos os cortes para a instalação das lagoas e trincheiras apresenta solo úmido e há ainda uma nascente a aproximadamente 50 metros de distância.
Além de interditar a construção, a promotora recomenda também a cassação do licenciamento ambiental do aterro sanitário, até que sejam adotadas todas as medidas necessárias para regular o funcionamento do local, assim como à proteção do meio ambiente e à saúde pública.

(Dayse Luan / Estagiária da Assessoria de Comunicação Social)



Comentários



Mais notícias

 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.

Produzido por www.alicom.com.br

* Todos os campos,com exceção da mensagem,são obrigatórios

Promotora recomenda interditar construção de aterro sanitário em Bonfinópolis



Por Ministério Público Estadual de Goiás

A promotora de Justiça Marta Moriya Loyola, da 2ª Promotoria de Senador Canedo, expediu recomendação à Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) para autuar e interditar a instalação e construção do aterro sanitário do município de Bonfinópolis.
Vistoria realizada no local constatou que a área, já em fase de instalação do aterro, fica próxima a algumas nascentes da bacia hidrográfica do Ribeirão Sozinha, futura captação de abastecimento de água do município de Senador Canedo. De acordo com o relatório de vistoria, o local onde estão sendo feitos os cortes para a instalação das lagoas e trincheiras apresenta solo úmido e há ainda uma nascente a aproximadamente 50 metros de distância.
Além de interditar a construção, a promotora recomenda também a cassação do licenciamento ambiental do aterro sanitário, até que sejam adotadas todas as medidas necessárias para regular o funcionamento do local, assim como à proteção do meio ambiente e à saúde pública.

(Dayse Luan / Estagiária da Assessoria de Comunicação Social)

* Todos os campos são obrigatórios