Home   |    Mapa do site
Parceiros


Notícias
Home > Notícias > Leitura de Notícia
Tamanho do texto: A- A+

23/12/09 - Dragagem evita transbordo no Córrego Baliza

Córrego estava passando por cima de rua do setor Amin Camargo.

Fonte: MeiaPonte.Org

A equipe do portal MeiaPonte.org registrou imagens do transbordo do leito do Córrego Baliza no dia 15 de Novembro. As águas do córrego estavam passando por cima da via Adriana Oliveira Bittencourt no setor Amin Camargo em Goiânia. Felizmente, o problema já foi parcialmente resolvido. Em um dos lados da ponte foi feita a dragagem do leito do córrego e o serviço acabou provocando um grande buraco com muita lama. Além disso, foi retirada parte da vegetação para o deslocamento das máquinas. Outro reparo feito no local foi a instalação de mais manilhas para ampliar o fluxo de água e desobstruir o trecho do outro lado da ponte, por meio do aumento do leito do córrego. Embora a aparência do local lembre uma obra inacabada, resta saber se realmente o trabalho de recuperação está finalizado.

Fotos :



Comentários



Mais notícias

 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.


* Todos os campos,com exceção da mensagem,são obrigatórios

Dragagem evita transbordo no Córrego Baliza

Córrego estava passando por cima de rua do setor Amin Camargo.

Por MeiaPonte.Org

A equipe do portal MeiaPonte.org registrou imagens do transbordo do leito do Córrego Baliza no dia 15 de Novembro. As águas do córrego estavam passando por cima da via Adriana Oliveira Bittencourt no setor Amin Camargo em Goiânia. Felizmente, o problema já foi parcialmente resolvido. Em um dos lados da ponte foi feita a dragagem do leito do córrego e o serviço acabou provocando um grande buraco com muita lama. Além disso, foi retirada parte da vegetação para o deslocamento das máquinas. Outro reparo feito no local foi a instalação de mais manilhas para ampliar o fluxo de água e desobstruir o trecho do outro lado da ponte, por meio do aumento do leito do córrego. Embora a aparência do local lembre uma obra inacabada, resta saber se realmente o trabalho de recuperação está finalizado.

* Todos os campos são obrigatórios