Home   |    Mapa do site
Logomarca MeiaPonte.Org
Parceiros



Expedições
Home >Expedições
Tamanho do texto: A- A+

Encontros e Desencontros

Escrito por: Ernesto Augustus
Em: 07/03/10

Como o nasceu o Portal MeiaPonte.Org e as histórias das novas expedições pelo rio Meia Ponte e afluentes

Tudo começou há menos de 1 ano, em Julho de 2009. Eu um defensor do rio Meia Ponte havia escutado histórias de pessoas que haviam descido o rio. Uma das histórias eu li no jornal Diário da Manhã e desde então fiquei pensativo: "eu tinha que encontrar essa pessoa". Foi então que o primeiro lugar que comecei a procurar foi na internet. Felizmente minha busca não foi muito longe. Deparei-me com a história da descida de Paulo Castilho pelo rio Meia Ponte no blog goiania-goias.blogspot.com. Li no blog as aventuras e desventuras do Castilho pelo rio. Não perdi tempo, foi então que enviei uma mensagem no dia 18 de Julho de 2009, e dois dias depois para minha surpresa o Castilho respondeu. Fiquei muito feliz, claro. Afinal de contas eu consegui encontrar um amigo que poderia compartilhar comigo suas experiências sobre rio e de quebra poderiamos chegar ao Paranaíba, foz do rio Meia Ponte.


Abaixo o e-mail que enviei para o Paulo:

Boa noite Paulo,

Conheci seu blog hoje, e foi uma pena não ter conhecido há mais tempo. Percebi que você fez por mais de uma oportunidade a descida do Rio Meia Ponte. Já faz tempo que tenho essa vontade mas nunca tinha encontrado ninguém pra esse tipo de "aventura", que no meu caso seria também em caráter de conhecimento, estudo e por que não aventura mesmo. Tenho um site que fala sobre ecologia, o www.guiaecologico.com.br. Mas já tem um tempo que não mexo nele, na verdade não sobra muito tempo. Tenho uma vontade muito grande de deixa-lo recheado com informações, inclusive tava pensando em tirar fotos dos córregos de goiânia com os pontos e coloca-los em algo como um google maps pro pessoal que tiver curiosidade, ver como é determinada parte do córrego em alguns pontos do mapa. Mas ainda é um projeto, quero muito que as pessoas vejam que nossa cidade é um oasis, com uma micro bacia hidrografica imensa, mas que esta totalmente degradada. Precisava de uns parceiros nessa empreitada. O canal tá aberto, quem sabe podemos conversar depois. Té logo, abraço! Já favoritei o blog aqui.

Ernesto Augustus


  E a resposta dele:

Caramba, Ernesto. Obrigado por ter entrado em contato.
Pode ter certeza de que a gente precisa sentar pra conversar.
Ainda não cheguei ao Rio Paranaiba pelo Meia Ponte, mas ainda vou realizar essa aventura.
Ando meio focado em outras viagens e o Meia Ponte acabou ficando em segundo plano.
Acabei de chegar de viagem do Rio dos Bois. Vou fazer uma descida por ele.
Sua idéia sobre os córregos é sensacional. Tenho um trabalho hiperdetalhado sobre um córrego de Goiãnia (se não me engano é o Cascavel). Vou ver se encontro em meus arquivos. Fala tudo... nascente, pontos na cidade e foz.
Você sabe porque o ribeirão João Leite tem esse nome? Depois eu te conto.
Seria legal vc entrar em contato pra gente poder conversar. Vamos marcar uma descida pelo rio em quqlauqer final de semana desses. Tô com um caiaque e uma canoa canadense. Só preciso de transporte para levá-las até o rio e buscar mais embaixo.


Desde então já participamos de várias expedições, novas pessoas entraram na empreitada e as aventuras poderão ser acompanhadas aqui nessa sessão do site. Já temos bastante material e texto para ser colocado, a cada nova aventura, uma nova postagem. Quem tiver interesse de participar também basta entrar em contato conosco. Fazemos esse tipo de trabalho porque gostamos e porque o rio pede por socorro. Queremos sensibilizar as pessoas de que o rio Meia Ponte é muito mais do que poluição, o rio é vida!


Da esquerda para a direita: Renato Rodrigues, Paulo Castilho e
eu, Ernesto Augustus


 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.

Produzido por www.alicom.com.br

* Todos os campos são obrigatórios