Home   |    Mapa do site
Logomarca MeiaPonte.Org
Parceiros



Dicas
Home > Dicas > Leitura de Dica
Tamanho do texto: A- A+

5 dicas simples para você cidadão ajudar sua cidade a combater o problema das enchentes.

Fonte: Blog Guia Ecológico

Casa arrumada é sinônimo de casa impermeabilizada? Parece que sempre que chega o asfalto em um bairro as pessoas logo tratam de “cimentar” toda a casa, como que num ato quase desesperado para se livrar da terra que tanto incomodou durante um tempo. O problema é que o que poderia ser um benefício esbarra na questão de que a água da chuva não tem mais para onde se infiltrar. Por isso a chuva deixou de ser sinônimo de vida e fartura e se tornou vilã de todos em virtude da mania de limpeza e de praticidade.

Hoje em dia somos culpados por uma enorme parcela do transtorno que assistimos nos noticiários. Fenômenos assustadores passaram a acontecer nas cidades, a água subindo numa velocidade tão violenta que até mesmo pedestres ficam sem ação diante do dilúvio. Mas como podemos ajudar a amenizar essa triste equação do caos?  Confira cinco dicas abaixo:

1 – Destine de 15 a 20% do seu lote para área permeável. Existem diversas formas para isso, um jardim por exemplo, ou um quintal com árvores frutíferas. Caso você não tenha tempo para cuidar de um jardim, mas não quer que seu lote fique na terra, utilize brita como cobertura ou pisos permeáveis. Nunca, jamais , deixe a calçada de sua casa ou o seu lote sem área para infiltração da água da chuva.Essa dica ajuda a diminuir a quantidade de água que vai para a rua e consequentemente para os rios, além de permitir a infiltração da água na terra e o aumento do nível do lençol freático, contribuindo para o incremento do volume de água de nascentes, diminuindo o perigo de escassez de água.

2 – Outra dica interessante é a utilização de reservatórios para coleta da água da chuva. Essa água pode ser posteriormente utilizada para rega de plantas, lavagem de calçadas, utilização na descarga e se bem tratada até mesmo em chuveiros, representando uma economia significativa nas contas de água.

3 – De forma alguma jogue lixo nas ruas, além de poluir a cidade e ser um péssimo hábito, o lixo entope as galerias de água pluvial. A água não tendo para onde escoar alaga ruas e provoca o caos. Guarde embalagens até o lixo mais próximo ou até mesmo dentro do automóvel até a chegada em sua residência. Lembre-se, os trabalhadores da limpeza não trabalham o dia inteiro, então não justifica o argumento de que existem pessoas que são pagas para limpar a sujeira que você poderá causar.

4 – Não retire a vegetação ciliar de córregos e rios e não construa em suas margens, a falta da mata ciliar contribui para erosão das margens do córrego. Quanto mais sedimentos vão para o leito do manancial mais assoreado ele se torna e consequentemente ele transbordará mais facilmente, ocasionando grandes inundações.

5 – Denuncie construções irregulares, aconselhe seus conhecidos a criar área permeáveis em seus lotes e a não jogar lixo nas ruas, não espere ações somente do poder público, aja com cidadania. A cidade  é a extensão do seu lar.

 

 




Mais dicas

 

   


O conteúdo deste site é publicado sob uma Licença Creative Commons Atribuição 2.5. Brasil.
A reprodução dos textos é livre, desde que citada a fonte e o autor.

Produzido por


* Todos os campos,com exceção da mensagem,são obrigatórios

5 dicas simples para você cidadão ajudar sua cidade a combater o problema das enchentes.



Por Blog Guia Ecológico

Casa arrumada é sinônimo de casa impermeabilizada? Parece que sempre que chega o asfalto em um bairro as pessoas logo tratam de “cimentar” toda a casa, como que num ato quase desesperado para se livrar da terra que tanto incomodou durante um tempo. O problema é que o que poderia ser um benefício esbarra na questão de que a água da chuva não tem mais para onde se infiltrar. Por isso a chuva deixou de ser sinônimo de vida e fartura e se tornou vilã de todos em virtude da mania de limpeza e de praticidade.

Hoje em dia somos culpados por uma enorme parcela do transtorno que assistimos nos noticiários. Fenômenos assustadores passaram a acontecer nas cidades, a água subindo numa velocidade tão violenta que até mesmo pedestres ficam sem ação diante do dilúvio. Mas como podemos ajudar a amenizar essa triste equação do caos?  Confira cinco dicas abaixo:

1 – Destine de 15 a 20% do seu lote para área permeável. Existem diversas formas para isso, um jardim por exemplo, ou um quintal com árvores frutíferas. Caso você não tenha tempo para cuidar de um jardim, mas não quer que seu lote fique na terra, utilize brita como cobertura ou pisos permeáveis. Nunca, jamais , deixe a calçada de sua casa ou o seu lote sem área para infiltração da água da chuva.Essa dica ajuda a diminuir a quantidade de água que vai para a rua e consequentemente para os rios, além de permitir a infiltração da água na terra e o aumento do nível do lençol freático, contribuindo para o incremento do volume de água de nascentes, diminuindo o perigo de escassez de água.

2 – Outra dica interessante é a utilização de reservatórios para coleta da água da chuva. Essa água pode ser posteriormente utilizada para rega de plantas, lavagem de calçadas, utilização na descarga e se bem tratada até mesmo em chuveiros, representando uma economia significativa nas contas de água.

3 – De forma alguma jogue lixo nas ruas, além de poluir a cidade e ser um péssimo hábito, o lixo entope as galerias de água pluvial. A água não tendo para onde escoar alaga ruas e provoca o caos. Guarde embalagens até o lixo mais próximo ou até mesmo dentro do automóvel até a chegada em sua residência. Lembre-se, os trabalhadores da limpeza não trabalham o dia inteiro, então não justifica o argumento de que existem pessoas que são pagas para limpar a sujeira que você poderá causar.

4 – Não retire a vegetação ciliar de córregos e rios e não construa em suas margens, a falta da mata ciliar contribui para erosão das margens do córrego. Quanto mais sedimentos vão para o leito do manancial mais assoreado ele se torna e consequentemente ele transbordará mais facilmente, ocasionando grandes inundações.

5 – Denuncie construções irregulares, aconselhe seus conhecidos a criar área permeáveis em seus lotes e a não jogar lixo nas ruas, não espere ações somente do poder público, aja com cidadania. A cidade  é a extensão do seu lar.